Como eu ia dizendo...

15 de jun de 2014

Olá perdedores!


Tô com um tema maneiro pra amanhã, mas antes do debate, e do vácuo total, que eu sei que ninguém vai ler, quero apresentar o layout, o objetivo do blog, e eu.
Pra começo de conversa, eu demorei ERAS pra conseguir esse tema. Só pra garantir que vocês iam ter pelo menos um ambiente decente, já que o conteúdo vai ser uma bost@. Minha intenção é perturbar sua mente, te deixar com raiva. A ponto de você fazer um boneco de vudu meu, e mandar o papa cortar minha cabeça. Sinceramente? Tô aqui pra gastar tempo, escancarar a porra toda e botar a cereja na chapa. [Gíria Pajubá sas horas, porque sim.]
O que me der na telha eu escrevo.
Sinto muito se sua avó não vai gostar. Se a banda que eu critico você ama, ou se minha linguagem escrita é uma droga. 
Não tô aqui pra agradar burguês, tentativa de ryco e pobre metido a besta.
[Dei uma de indelicada, olha, que belo começo.]
Meu nome é Sabrina, caso não tenha visto a aba "About This Shit", tenho 19 e eu amo barraco. Já disse isso? 
Sou paulista.
Paulista do concreto, da rua bagunçada, da pelada de domingo, do trânsito do dia a dia e do pastel da feira de quarta. [Terça, na escola.]
Fiz faculdade. Nossa, grande bosta. Ninguém dá a mínima pra isso, sabiam?
E eu tenho um twitter que só uso quando tô no tédio da madrugada. [Não gente, não é quando eu tenho 3G pra baixar vídeos. Pornô nessa vida só baixado porque se não, estraga o momento.]
Eu ATORON escrever fanfic. Sou uma plena escritora amadora. Escrever sobre quem não existe é minha sina. [Ou falar mal de alguém que eu conheço, o tornar um personagem e o matar a pauladas.]
E neste lindo, perfeito e maravilhoso blog, vocês poderão lê-las. Caso queiram, caso não, vão á puta que pariu vocês.

Boa noite, péssima madrugada e toma cuidado com Aids ok?


Se você quiser ir a qualquer outro canto do blog, fique a vontade pra procurar:



Comentários da Rede Social Azul: